Movimentos

mab mg

“Quem acaba fazendo a fiscalização é a própria empresa”, critica liderança do MAB sobre a Samarco

Para o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), é preciso pensar um plano popular que dê poder de escolha aos atingidos. Segundo Talita Silva, da direção estadual do MAB em Minas Gerais, a empresa está decidindo pelos afetados e falta participação social nas deliberações. Para ela, só potencializando a economia local é possível sair da dependência que a extração de minério causa aos territórios. Leia mais »

edu barcelos

“Precisamos debater o modelo da mega mineração no Brasil”, afirma geógrafo em relação à Samarco

Logo após à tragédia, Eduardo Barcelos, da Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB), foi a Mariana e cidades vizinhas observar o que havia ocorrido na região. Um dos organizadores da Caravana Territorial, Barcelos denuncia a falta de participação das comunidades nas decisões do futuro dos povos atingidos e explica o que chama de minero dependência. Segundo ele, o modelo predatório de extração mineral em grande escala chegou ao seu apogeu com essa tragédia e precisa ser repensado. Leia mais »

ato politico

Caravana Territorial do Rio Doce cobra participação social e transparência à Samarco em Governador Valadares (MG)

Falta de participação dos atingidos nas resoluções e transparência sobre os reais impactos do rompimento da barragem da empresa Samarco/Vale foram as principais denúncias da Caravana Territorial da Bacia do Rio Doce. Após percorrer de Mariana até a foz o Rio Doce no litoral capixaba, as quatro rotas envolvendo cerca de 130 pessoas realizaram uma mesa de debate e um ato político em Governador Valadares (MG) na tarde do último sábado (16) Leia mais »